Camões

Centro de Língua Portuguesa


Cidade da Praia - Cabo Verde

[1999 - 2020]

 

Excelente domínio da língua portuguesa

 

A Coutinho, Neto & Orey, no âmbito da sua atividade de recrutamento, encontra-se a desenvolver um processo de seleção para o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, I.P.)

 

Prazo limite de candidatura: 14/06/2020

 

I - Enquadramento da função

Apoio Técnico especializado à ação externa do Camões, I.P. em Maputo, nomeadamente no acompanhamento da implementação técnica dos Projetos da Cooperação Portuguesa a desenvolver no âmbito da Cooperação Bilateral e dos Planos Estratégicos de Cooperação (PEC), bem como daqueles que lhe sejam ou que possam vir a ser delegados pela Comissão Europeia na modalidade de Gestão Indireta (Cooperação Delegada), assim como acompanhamento da cooperação, no país e na região onde se insere, levada a cabo pela União Europeia, em particular no que respeita Fundos Fiduciários, e por outras agências bilaterais e multilaterais de cooperação para o desenvolvimento.

 

II - Principais Responsabilidades 

Em estreita articulação com os serviços do Camões, I.P. (sede em Lisboa), assim como com a respetiva Embaixada de Portugal, designadamente com o(a) Conselheiro(a) e/ou Adido(a) para a Cooperação/Diretor(a) do Centro Português de Cooperação.

  • Acompanhar todo o ciclo de gestão dos projetos implementados no âmbito da Cooperação Portuguesa, e, em particular a execução técnica e financeira daqueles que estejam a cargo do Camões, I.P., designadamente os que sejam ou que possam vir a ser delegados pela Comissão Europeia na modalidade de Gestão Indireta (Cooperação Delegada);
  • Identificar oportunidades de diversificação de financiamentos e de parcerias com valor acrescentado para a Cooperação Portuguesa e para os países parceiros;
  • Acompanhar os projetos desenvolvidos por organismos internacionais com intervenção no país parceiro, em particular as delegações da União Europeia, as delegações das agências das Nações Unidas, as representações do Banco Mundial, organizações regionais, agências bilaterais de cooperação, etc.;
  • Apoiar a negociação, preparação e implementação dos projetos a cargo do Camões, I.P., promovendo uma dinâmica de grupo entre os parceiros institucionais locais, a Cooperação Portuguesa e outros doadores;
  • Acompanhar a execução técnica dos projetos executados no âmbito da Cooperação Portuguesa;
  • Identificar e formular propostas de mitigação dos principais constrangimentos que possam resultar da execução de um projeto a cargo do Camões, I.P.;
  • Apoiar os parceiros locais na preparação de projetos elegíveis para financiamento do Camões, I.P.;
  • Preparar e acompanhar as missões técnicas da Cooperação Portuguesa que se desloquem ao terreno;
  • Representar a Cooperação Portuguesa, sempre que designado(a) para tal, em reuniões de trabalho com outros parceiros ou doadores;
  • Dar apoio à gestão das bolsas de cooperação financiadas pelo Camões, I.P. (internas e externas);
  • Apoiar, sempre que solicitado, a equipa de gestão do Centro Português de Cooperação (CPC), nas suas tarefas de planeamento, execução técnica e financeira, gestão de recursos humanos e materiais, programação, dinamização e comunicação, bem como articulação com entidades locais;
  • Acompanhar a execução financeira do orçamento do CPC e do orçamento consolidado da estrutura externa, bem como a prestação das contas;
  • Realizar as tarefas que lhe forem cometidas pela Embaixada de Portugal, no âmbito da missão do Camões, I.P..

 

III - Requisitos 

A - Obrigatórios:

  • Formação superior, preferencialmente em áreas relacionadas com Relações Internacionais, Direito ou Economia. Outras habilitações poderão ser consideradas, comprovando-se experiência profissional relevante;
  • Conhecimentos das regras e procedimentos de cofinanciamento de projetos financiados pelo Camões, I.P.;
  • Experiência efetiva na gestão de projetos de desenvolvimento;
  • Conhecimentos de línguas:
    • Excelente domínio da língua portuguesa

 

B - Preferenciais:

  • Experiência profissional mínima de 5 anos, de preferência em experiência internacional na área das operações e gestão de projetos (de preferência em agência internacional ou bilateral, ou em ONGD, ou outras entidades relevantes para o setor), em e/ou com países em desenvolvimento;
  • Experiência e conhecimento na aplicação das regras e procedimentos no âmbito da ação externa da União Europeia, em particular do Fundo Europeu de Desenvolvimento e/ou instrumentos do orçamento geral da UE para o desenvolvimento;
  • Conhecimento genérico das regras e procedimentos para a gestão e financiamento de projetos do Banco Mundial e das Nações Unidas;
  • Conhecimentos das regras aplicáveis à Ajuda Pública ao Desenvolvimento, em particular do CAD/OCDE;
  • Conhecimentos de línguas:
    • Inglês – C2 do Quadro europeu comum de referência para as línguas;

IV - Competências Mínimas:

  • Excelente capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal em ambiente multicultural;
  • Excelente capacidade para trabalho em equipa;
  • Disponibilidade para trabalhar e viajar em contextos muito exigentes.

 

VIII - Prazo limite de candidatura: 14/06/2020

O processo de candidatura deverá ser feito através do registo no sítio: www.cnorey.com