Camões

Centro de Língua Portuguesa


Cidade da Praia - Cabo Verde

[1999 - 2021]

A Coutinho, Neto & Orey no âmbito da sua atividade de recrutamento encontra-se a desenvolver um processo de seleção para o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, I.P.)

 

Prazo limite de candidatura: 22/02/2021

 

I - Enquadramento da função

A função de Coordenador de Projeto, enquadra-se no projeto das Unidades de Apoio Pedagógico (UAP) /Polos de Língua Portuguesa (PLP), com o objetivo de dinamizar as UAP através de ações de apoio técnico-pedagógico aos professores do ensino Básico e Secundário em exercício de funções docentes, bem como de implantar e dinamizar nas UAP/PLP sob coordenação do Centro de Língua Portuguesa de Bissau (CLP).

 

II - Principais Responsabilidades 

Reportando, organizacionalmente e funcionalmente ao Camões, I.P. (DSCB/DSLC), e localmente ao Adido da Cooperação, coordena e supervisiona as equipas de formadores de Língua Portuguesa (LP): i) Técnicos Formadores Especialistas (TFE) e ii) Professores Formadores Locais (PFL) e, terá como principais responsabilidades:

  1. A) Assessoria técnica à implementação das atividades - em colaboração com o Camões, I.P., é responsável por:
  • Melhoria dos modelos pedagógicos existentes e dos programas e calendários mensais e anuais de formação dirigidos aos TFE e PFL, e a outros públicos-alvo;
  • Conceção dos instrumentos necessários à realização das atividades, ao levantamento de necessidades, à recolha de dados e outra informação solicitada e à monitorização e avaliação dos indicadores;
  • Melhoria dos documentos programáticos (materiais de apoio à formação, suportes teóricos) e operacionais relativos à LP;
  • Implementação atempada das atividades no âmbito da LP e garante a sua qualidade técnica e pedagógica;
  • Identificação de oportunidades de melhoria da proficiência da LP e de parcerias com outros doadores.
  1. B) Gestão administrativa/financeira e técnico-pedagógica 
  • Realizar diagnósticos de necessidades das UAP/PLP no âmbito da LP;
  • Coordenar a elaboração e implementação dos calendários de atividades do grupo de TFE e PLF sob sua responsabilidade;
  • Apoiar os processos de seleção e contratação de TFE e PFL para a equipa do projeto;
  • Elaborar relatórios de execução financeira e física do projeto, intercalares e anual, de acordo com as regras em vigor no Camões IP, e pontos de situação quando lhe forem solicitados;
  • Garantir a boa organização dos dossiês técnicos e pedagógicos relativos às atividades desenvolvidas, de acordo com os modelos estabelecidos.
  1. C) Qualidade pedagógica - em colaboração com o Camões, I.P., é responsável por:
  • Planear e executar o programa de formação definido para os TFE e outros públicos-alvo;
  • Garantir a qualidade do processo educativo/formativo nas UAP/PLP;
  • Acompanhar e supervisionar as aulas e sessões de formação dos TFE e PLF, dando sugestões de melhoria;
  • Elaborar os suportes teóricos de apoio à formação dos diferentes públicos-alvo e outro material pedagógico e científico considerado relevante;
  • Participar nos processos reflexivos e troca de experiências/ideias sobre a proficiência em LP, promovendo a disseminação das melhores práticas e lições aprendidas.
  1. D) Comunicação e imagem
  • Assegurar a comunicação e divulgação das atividades e resultados do projeto, de acordo com as regras em vigor pelo Camões, I.P.

 

III - Requisitos 

Obrigatórios:

  • Licenciatura com graduação em português;
  • Mestrado em didática-geral ou pedagogia;
  • Domínio das técnicas de ensino-aprendizagem da língua e cultura portuguesas em contexto de aprendizagem do português língua não materna ou língua estrangeira;
  • Experiência de trabalho em formação de professores de pelo menos 5 anos;
  • Experiência em gestão e coordenação de projetos de educação de pelo menos 3 anos;
  • Experiência de trabalho em países em desenvolvimento pelo menos 4 anos, em especial nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP);
  • Fluência oral e escrita em Língua Portuguesa.

 

Preferenciais

  • Experiência de trabalho no setor da educação de pelo menos 8 anos, em contextos multilinguísticos;
  • Experiência de trabalho em formação de adultos;
  • Formação Pedagógica de Formadores;
  • Acreditação como formador em áreas relevantes pelo Conselho Científico-Pedagógico para a Formação Contínua (CCPFC);
  • Conhecimento da realidade social e cultural da Guiné-Bissau;
  • Excelentes conhecimentos de informática na ótica do utilizador;
  • Bons conhecimentos de Inglês/Francês.

 

IV - Competências Mínimas:

  • Capacidade para trabalhar em contexto internacional, intercultural e em países em desenvolvimento;
  • Capacidade para trabalhar em ambiente adversos, com recursos limitados e carências a vários níveis;
  • Excelente capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal;
  • Capacidade de organização e de gestão do tempo;
  • Orientação para os resultados;
  • Capacidade de automotivação e autoaprendizagem;
  • Capacidade de trabalho em equipa e de mediação;
  • Flexibilidade no desempenho das suas funções e fácil adaptação em contextos de mudança permanente;
  • Seriedade e ritmo de trabalho forte com postura e comportamento pessoal exemplares, adequados à posição oferecida;
  • Capacidade para aceitar e cumprir instruções superiores, bem como para partilhar e transmitir conhecimentos a outros colaboradores locais, visando a sua capacitação técnica e profissional com autonomia;
  • Estado de saúde adequado e cadastro criminal limpo;
  • Carta de condução de veículos ligeiros.

 

VI - Prazo limite de candidatura: 22/02/2021

Antes de submeter a sua candidatura deverá consultar os Termos de Referência .

 

Aceda a informação adicional, em linha, em: https://bit.ly/39T7U9I .