Camões

Centro de Língua Portuguesa


Cidade da Praia - Cabo Verde

[1999 - 2020]

CANDIDATURAS ABERTAS: OCEANOS – PRÉMIO DE LITERATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA

 

 As inscrições para a edição de 2020 do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa estão abertas a partir das 12h da segunda-feira, dia 2 de março, até as 23h59 de 29 de março (domingo) – horário de Brasília. Podem ser inscritos romances, livros de poesia, conto, crónica e dramaturgia publicados entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2019. Concorrem obras editadas em qualquer lugar do mundo, desde que escritas originalmente em língua portuguesa.

As inscrições podem ser feitas pela editora e/ou pelo autor, com o preenchimento da ficha de inscrição, a assinatura digital do Termo de Responsabilidade e a inclusão da obra inscrita em formato PDF no sitehttps://www.itaucultural.org.br/oceanos/, mesmo que tenha sido publicada apenas em versão impressa.

A tecnologia desenvolvida pelo Núcleo de Inovação do Itaú Cultural permite que todos os concorrentes sejam avaliados numa plataforma digital por júris internacionais, compostos por escritores, poetas, professores e críticos literários dos países membros da Comunidade do Países de Língua Portuguesa (CPLP), de três continentes.

As inscrições ao prémio vêm aumentando exponencialmente a cada edição, resultado dos esforços do Oceanos para alcançar editoras com publicações em língua portuguesa em todo o mundo.

 

Processo

O processo de avaliação do Oceanos é realizado em três etapas. Na primeira, o Júri de Avaliação elege as 50 obras semifinalistas entre os concorrentes, e escolhe, por votação, os membros dos júris subsequentes (Intermediário e Final). Na segunda etapa, o Júri Intermediário seleciona 10 finalistas entre os 50 semifinalistas eleitos pelo júri anterior. Por fim, na terceira etapa, o Júri Final escolhe os três vencedores entre os 10 finalistas.

Todos os livros inscritos concorrem entre si, independentemente do gênero literário, pelas três premiações, com valor total de R$ 250 mil – R$ 120 mil para o primeiro colocado; R$ 80 mil para o segundo e R$ 50 mil para o terceiro. No caso dos vencedores serem estrangeiros, os valores serão convertidos em moeda local.

A curadoria desta edição do prémio é formada pela linguista Adelaide Monteiro, de Cabo Verde, a escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, e o jornalistaManuel da Costa Pinto, do Brasil, com coordenação da gestora cultural Selma Caetano.

 

Parceiros

Neste ano, o Oceanos celebra novo parceiro: a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), de Portugal. Em 2020, o prémio continua com os patrocínios do Banco Itaú, da República de Portugal e da CPFL Energia; os apoios do Itaú Cultural, do Instituto CPFL e do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, além do apoio institucional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

 

Texto disponível no sítio da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas.